Pages

Banner 468 x 60px

 

quarta-feira, 14 de abril de 2010

Informe de Rafael Carvalho sobre visita a Conceição do Coité

1 comentários
Prezados/as
Sábado Passado, as 17:40 desembarquei na pequena cidade de Conceição do Coité, há 1:20m de Feira de Santana, situada na região do sisal no nordeste da bahia.
A Cidade tem 70 mil habitantes, um verde exuberante e uma população predominatimente jovem, o frio intenso deixava o população ainda mais bonita e bem vestida.
Desembarquei com o Grupo de dança que produzo os NIGHT BOYS, as Drag Duda Wescheley, Pricila Dion e Jerron, éramos todos contratados para uma apresentação de um grande festa intitulada " Festa da Diversidade" produzida pelos simpáticos e inteligentes Jakson e Marcio.
Ao chegar na cidade duas coisas me chamaram a atenção, a quantidade de LGBT pelas ruas das cidades e o simpatia das pessoas para com o público que tomava bares e ruas, cheias de faixas escritas " Festa Da Diversidade, Eu Vou Eu Respeito".
A noite o clube ferveu, uma linda boate com mega estrutura de som e iluminação, e centenas de bandeiras do arco-íris dava o tom de alegria dos mais de 300 participantes.
A festa foi comandado por uma Dj Lésbica assumida e depois por Um Dj Gay assumido, no SET o melhor das pistas de dança mais modernas do mundo.
Gays, Lésbicas jovens, Travestis e muitos heterossexuais se misturavam ao som da boa musica e transformava aquele lugar em uma cidade mágica,onde, por hora, eu pude sonhar que o paraíso existe, que um lugar onde as pessoas podem ser livres existe, que o mundo ainda tem salvação, que as pessoas podem ser diferente.
A festa, a receptividade da cidade, a fino trato da Dona da pensão, a educação do povo daquele lugar me inspirou, me encheu de esperança, me mostrou de forma clara, que pobres, interioranos, nordertinos, nem sempre são os mais homofobicos, aquela cidade me trouxe a certeza de que o mundo melhor ainda é possível, basta acreditarmos na humanidade e no seu poder de transformação.
Sair de lá com a promessa de junto ao G7 ( Um grupo de amigos gays, sem militância organizada) e os produtores da festa de realizarmos em Setembro a 1º Parada do orgulho LGBT de Coité.
Percebi naquela Cidade um lugar ideal para pregar a diversidade e o respeito.
Percebi gestores sensibilizados, haja vista, que o presidente do clube que ajudou na festa e cedeu o espaço é tesoureiro da Prefeitura local.
Por fim, resolvi escrever sobre esta experiência com vocês para de vez enquanto sermos portadores de noticias boas, de gente boa, de coisas boas, pois nem tudo é homofobia e aids nas nossas vidas

Viva aos bravos LGBT do sertão da Bahia!

Viva a Militância LGBT Brasil!

Rafael Carvalho

1 comentários:

Fábio Alves disse...

Eu quero uma festa assim em Salvador!!!

Ah, e parabéns aos cidadãos de Conceição do Coité. Isso é que é gente civilizada.

Postar um comentário