Pages

Banner 468 x 60px

 

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

Obama defende casamento gay após comemorar assinatura de tratado nuclear

1 comentários
O presidente dos EUA, Barack Obama, comemorou na última conferência de imprensa antes do recesso de Natal, realizada nesta quinta-feira, na Casa Branca, a assinatura de um tratado da OTAN, entre Rússia e EUA, sobre redução de armas nucleares e ainda o fim da política “Don´t Ask, Don´t Talk”, que proibia homossexuais nas Forças Armadas, assinada na quarta-feira por ele.

Obama lamentou que o "Dream Act", que altera aspectos imigratórios para filhos de ilegais não tenha sido aprovado. Mas lembrou que as duas últimas semanas foram produtivas e que é possível Democratas e Republicanos trabalharem juntos. “Se há alguma lição a ser tomada ao analisar este período de duas semanas, é que podemos avançar nossa nação juntos”, disse o presidente.

Os jornalistas então perguntaram ao presidente sobre o casamento gay: "Diante da queda ao veto de gays assumidos nas Forças Armadas, nosso país permite que os homossexuais lutem e morram pelos EUA, mas mantém a proibição de que eles se casem com as pessoas que amam?". Em sua resposta, Obama afirmou que apóia o casamento gay, mas pediu um tempo para que o assunto fosse debatido. "Falei sobre isso recentemente e e minha percepção sobre o assunto é de que precisamos seguir adiante no debate. Tenho pessoas que trabalham para mim e amigos que estão há anos em uniões civis muito duradouras com pessoas do mesmo sexo, mas sei que isto não é o suficiente. Eu lutarei pessoalmente para que isso". 


Fonte: Lado A

1 comentários:

Fabinho disse...

Parabéns ao Presitente Obama!!!

Postar um comentário