Pages

Banner 468 x 60px

 

segunda-feira, 12 de março de 2012

Jovem gay sofre agressão homofóbica na Estação Pirajá

6 comentários
REDAÇÃO DO BLOG / FÓRUM BAIANO LGBT

Um grupo de cerca de seis pessoas agrediram e feriram um jovem no último sábado, dia 10, na Estação Pirajá. A vítima estava de mãos dadas com o namorado, que conseguiu escapar da perseguição aos gritos de ameaçax e xingamentos homofóbicos. Foi atingindo gravemente na cabeça (foto) e teve escoriações em todo o corpo, além de pertences roubados. A agressão covarde foi denunciada aos veículos de comunicação.

O que mais chama a atenção é a atuação da polícia. Os três policiais que estavam próximos da cena do crime não buscaram os agressores. Os jovens também não conseguiram prestar queixa, sob alegação de que a impressora estava quebrada e o sistema de ocorrências tinha caído.

O casal está sendo acompanhado pelo GLICH, Pro Homo, GGB e Adé Diversidade. A promotora Márcia Teixeira colocou o Ministério Público à disposição, e outros órgãos do Estado e parlamentares estão sendo contatados. "Além da denúncia na imprensa, as redes sociais estão repercutindo o caso, por isso esperamos uma mudança de postura dos responsáveis por investigar e punir os responsáveis", afirmou Renildo Barbosa.

6 comentários:

Rosivaldo xviii disse...

Essa galera do mal não tá pra brincadeira não,tudo é motivo pra violencia, sendo gay, pior ainda

Anônimo disse...

até quando gente esta atitude vai acontecer amigos!!estou aqui em vitória-Es indignadocom a atitude dos homofobicos e da política !!precisamos mesmodenunciar !!!gente !!até para políticos homofobicos !!amigosconte com minha solidariedade ecompaixão nessas horas !!total indignação!!!

Anônimo disse...

estamos aqui em vitória-Es reunidos para discutir a nossa indignação e respeito as vitimas pela homofobia gerada em salvador !!até quando gente !!este tipode atitudevai prevalecer gente!!!

Anônimo disse...

amigos estamos aqui em colatina-Es também inginados com a atitude destes homofobicos !!políticia já urgente !!e espero que oministério público também atue gente contra homofobia

Anônimo disse...

amigos que violência !!não sabia que salvador era tão homofobica assim gente!!na próxima parada gay atue contra homofobia gente!!apresente a nossa indignação em prol da causa lgbt!!valeu!!!

Fabinho disse...

Para o Anônimo da resposta anterior à minha: Cara, a Bahia é o estado mais homofóbico e violento contra os LGBTs do Brasil!!

Esqueça a fantasia de que aqui tudo pode e ninguem se importa com quem voce sai, beija ou se deita. O povo se importa sim, e é capaz de te matar por algo que não diz nenhum respeito a ele.

Postar um comentário