Pages

Banner 468 x 60px

 

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Ceará: Igreja gay se torna alvo de ataques e pichações

1 comentários
Uma igreja evangélica que defende a inclusão de homossexuais e cujos fiéis são, na maioria, gays virou alvo de ataques em Fortaleza. A Comunidade Cristã Nova Esperança foi pichada com os dizeres "Morte aos gay e sapatão (sic)'', "Igreja gay filosofia do diabo'', "Fora bando de gays'' e "Homofobia não é crime''.

A presidente da igreja na cidade, Sara Cavalcante, relatou que pessoas que passam na rua jogam pedras no local e ameaçam incendiar o imóvel. De acordo com ela, as agressões começaram com as pedradas, em agosto. Depois disso, os cadeados da igreja foram danificados. Já as pichações começaram em outubro e se intensificaram no mês passado. Até urina, diz Sara, já foi jogada pela porta da comunidade.

A igreja, que fica no bairro Nova América, não tem placas ou nome na porta, de acordo com a líder, justamente para evitar exposição:

"Somos uma igreja evangélica pentecostal, só que o diferencial é que nas outras igrejas os homossexuais têm certa dificuldade de desenvolver sua área espiritual.''

Sara diz que sua igreja abre as portas para abraçar a diversidade. "Cremos que a salvação é para todos, que Deus é um só e que todos têm liberdade de culto'', afirma. Segundo ela, cerca de 60 religiosos frequentam o local, a maior parte gays, lésbicas e travestis. Em três anos, diz, a igreja nunca havia sofrido ataques homofóbicos.

A polícia investiga o caso. Até a noite de hoje, não descobriu os autores das agressões.

Fonte: Jornal Agora

1 comentários:

Fabinho disse...

Quanta selvageria...

Alguém aí fala pra esses macacos que a idade das cavernas já passou?

Postar um comentário